quarta-feira, 6 de outubro de 2010

FÍSICA

Física
01-O que é alavanca?
É uma barra que pode girar sobre um ponto de apoio.

02-Quais tipos de alavancas?
Interfixa,interpotente e inter-resistente

03-Classifique o tipo de alavancas.
a)machado: interpotente
b)carrrinho-mão: inter-resistente
c)quebra-nozes: inter-resistente.
d)vassoura:interpotente
e)martelo:interfixa
f)gangorra:interfixa
g)tenaz: interfixa
h)balança: interfixa
i)tesoura:interfixa
j)pedal do amolador:interpotente
04-Qual a potencia de um corpo cuja força é de 45N e o deslocamento é 3m num intervalo de 10s.
T=F.d=45.3=135J
Po=T:tempo =135:10=13,5W

05- O que é uma MAQUINA SIMPLES?
É toda ferramenta utilizada pelo homem, no qual o acionamento da mesma depende de um esforço humano.

06-Quais os elementos de uma alavanca?
Ponto de apoio,potencia e força resistente

07-Na figura abaixo, se o peso da carga(R) for de 200N,qual deve ser a força (P), capaz de manter-la em equilíbrio na posição representada?



08- Um homem de massa m = 80kg quer levantar um objeto usando uma alavanca rígida e leve. Os braços da alavanca têm 1,0 e 3,0m. Qual a maior massa que o homem consegue levantar usando a alavanca e o seu próprio peso ?
     força x distância = força x distância
     80 kg x 3 m = força x 1 m
     força = 240 kg

QUESTÕES SOBRE PRIMEIRO E SEGUNDO REINADO

História

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO
1. (Fuvest) A Carta outorgada de 1824 estabeleceria um sistema eleitoral que, na sua essência, marginalizava da vida política a maioria da população brasileira. Como funcionava aquele sistema eleitoral?
Era o voto censitário, permitido apenas aos que tivessem uma renda mínima anual.
2. (Fuvest) Procure interpretar a "charge" de Miguel Paiva, analisando sua versão da Independência do Brasil.
A Independência do Brasil foi dirigida pela elite rural, teve apoio da Inglaterra e o povo ficou como espectador.

3. (Fuvest-gv) Explique o processo político que resultou na abdicação de D. Pedro I em 1831.
D. Pedro I conduziu a separação do Brasil de Portugal em associação com os interesses da elite que queria preservar a integridade territorial e o mercado nacional de escravos. Sua posição como "defensor perpétuo do Brasil" fica abalada graças a uma sucessão de incidentes causados pela inexperiência na condução das questões políticas e de estado. Alguns fatos podem ser destacados: - dissolução da Assembléia Constituinte; - outorga da Constituição de 1824; - empréstimos do exterior aplicados em setores não-produtivos; - guerra com a Argentina na questão da província Cisplatina - repressão violenta em relação à Confederação do Equador. Esses fatos e o movimento de oposição promovido pela elite e pelos militares acabaram culminando com a abdicação de D. Pedro I.

4. (G1) Justifique: "O Brasil independente, nasce como nação dependente".
Apesar da separação política da metrópole, o Brasil economicamente se mostrava pouco desenvolvido e dependente de ajuda extensiva, atrelado ao mercado mundial principalmente o europeu, em particular, da Inglaterra.
5. (Unicamp) Em 1824, Frei Caneca criticou a Constituição outorgada por D. Pedro I dizendo que o poder moderador era a chave mestra da opressão da nação brasileira e que a Constituição não garantia a independência do Brasil, ameaçava sua integridade e atacava a soberania da nação.
(Baseado em Frei Caneca, "Crítica da Constituição Outorgada", ENSAIOS POLÍTICOS, Rio de Janeiro, Editora Documentário, p. 70-75)

a)      Defina o poder moderador.


      b) O que foi a Confederação do Equador, da qual Frei Caneca participou?

 Poder criado para garantir a harmonia entre os outros três. b) Movimento surgido no Nordeste de caráter separatista, e republicano que atacou o fechamento da constituinte e o poder moderador de D. Pedro I.
6. (G1) Explique: "Liberais e Conservadores são farinhas do mesmo saco".

Expressão popular no 2º Reinado, indica que a divisão ideológica e política expressa pelos nomes dos grupos é apenas aparente, pois os dois lados pertencem à mesma classe dominante e possuem os mesmos objetivos.
7. (G1) Explique por que o Paraguai foi uma exceção em relação às demais repúblicas latino americanas.

Pelas reformas econômicas, educacionais e da propriedade fundiária, que permitiram uma grande autonomia econômica, tornando-o um país diferente em relação aos demais países da região.

8. (Ufpr) "O novo Imperador é um conhecedor e admirador das formas de governo liberais da Europa. Procura seguir as regras do parlamentarismo inglês, que já estavam sendo seguidas por outros países. Com o correr do tempo, a alternância dos partidos vai adquirir uma certa regularidade". (LACOMBE, Américo J. HISTÓRIA DO BRASIL. São Paulo, Ed. Nacional, 1979. p.169.)
        O texto refere-se à política do Segundo Reinado, com D. Pedro II, cujas linhas gerais são bem definidas por sua regularidade. Procure definir tais linhas, indicando os partidos políticos envolvidos e o papel político do Imperador.
 Imperador exercia o poder moderador e impedia os conflitos dentro da elite dominante através do Parlamentarismo às avessas, onde os partidos Conservador e Liberal se revezavam no poder.

9. (Ufpr) O conceito de cidadania adotado no Brasil Império foi extremamente restritivo, excluindo do direito de votar a grande maioria da população. Indique como era o sistema eleitoral no Império.
O sistema era censitário, ou seja, baseado em rendas e de forma indireta com níveis diferentes de eleitores.

10. (Unicamp) Antes da guerra com o Brasil, o Paraguai tinha uma economia estável, com estradas de ferro, siderurgia e grande número de indústrias. A balança comercial era favorável e não havia analfabetismo infantil no país.
a)Compare as situações sócio-econômicas do Paraguai e do Brasil, em meados do século XIX.

b) Nesse contexto, explique por que a Inglaterra financiou a guerra que levou à destruição do Paraguai.


a)A sociedade brasileira era polarizada e somente desfrutavam de direitos uma parcela reduzida, a elite. b) Para a Inglaterra o Paraguai era uma ameaça ao seus interesses econômicos.





11.O episódio conhecido como "A Noite das Garrafadas", briga entre portugueses e brasileiros, relaciona-se com:
a) a promulgação da Constituição da Mandioca pela Assembléia Constituinte.
b) a instituição da Tarifa Alves Branco, que aumentava as taxas de alfândega, acirrando as disputas entre portugueses e brasileiros.
c) o descontentamento da população do Rio de Janeiro contra as medidas saneadoras de Oswaldo Cruz.
d) a manifestação dos brasileiros contra os portugueses ligados à sociedade "Colunas do Trono" que apoiavam Dom Pedro I.
e) a vinda da Corte Portuguesa e o confisco de propriedades residenciais para alojá-la no Brasil.

Resposta:[D]

12.O que foi a Noite das Garrafadas?
Resposta:O conflito entre portugueses fiéis a D. Pedro I e brasileiros descontentes com o imperador após o assassinato do jornalista Libero Badaró .


13.O envolvimento do Brasil em sucessivos conflitos na região platina, na segunda metade do século XIX, pode ser explicado pela(o):
a) tradicional rivalidade entre Brasil e Argentina com vistas ao controle do estuário do Prata, culminando com a derrubada de Rosas naquele país.
b) neutralidade do Império em relação à política uruguaia, obrigação assumida quando da Independência da Cisplatina.
c) independência do Paraguai, apoiada pela Argentina, e suas pretensões expansionistas sobre o território brasileiro.
d) apoio inglês, à restauração do Vice-Reino do Prata, criando uma unidade de domínio na região.
e) conflito do Império Brasileiro com os países platinos em torno da competição no comércio de produtos pecuários.


resposta:[A]

14.O mapa abaixo retrata o contorno do território brasileiro logo após a Declaração de Independência. Em 1828 esse contorno sofreu grandes modificações em virtude de uma revolução de caráter separatista fomentada pela Argentina. Esse episódio, além de mudar o contorno do território brasileiro, deu origem a um novo país, o Uruguai, que hoje se integra ao Brasil, Argentina e Paraguai na constituição do MERCOSUL.

O episódio ocorrido em 1828 e que deu origem ao Uruguai ficou conhecido como:
a) Revolução Farroupilha.
b) Revolta do Chaco.
c) Questão Cisplatina.
d) Guerra dos Farrapos.
e) Confederação do Equador.

14.O mapa abaixo retrata o contorno do território brasileiro logo após a Declaração de Independência. Em 1828 esse contorno sofreu grandes modificações em virtude de uma revolução de caráter separatista fomentada pela Argentina. Esse episódio, além de mudar o contorno do território brasileiro, deu origem a um novo país, o Uruguai, que hoje se integra ao Brasil, Argentina e Paraguai na constituição do MERCOSUL.

O episódio ocorrido em 1828 e que deu origem ao Uruguai ficou conhecido como:
a) Revolução Farroupilha.
b) Revolta do Chaco.
c) Questão Cisplatina.
d) Guerra dos Farrapos.
e) Confederação do Equador.

Resposta :[c]

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
joao pessoa, paraiba
Professor de matemática,física e química.Aulas do ensino fundamental ao ensino médio Atendimento de segunda (das 9hs as 21hs) a sábado (das 9hs as até 12horas).

SETTE CURSOS (83)9114-3000/8616-2991/8153-9869