domingo, 29 de agosto de 2010

SETTECURSOS: E fique ligado: o Cursinho tem simulado do Enem em outubro

SETTECURSOS: E fique ligado: o Cursinho tem simulado do Enem em outubro

E fique ligado: o Cursinho tem simulado do Enem em outubro

Como criar o hábito de leitura.

Na A escola é um ambiente privilegiado para garantir muito contato com os livros. Conheça, passo a passo, os caminhos para ir além dos resumos e questionários de leitura e incentivar na garotada o gosto pelas obras literárias - mesmo que você não tenha familiaridade com esse tipo de texto

Muito se fala do poder da literatura - e de como a escola é um lugar privilegiado para estimular o gosto pela leitura. Infelizmente, porém, as salas de aula brasileiras estão longe de ser "celeiros de leitores". Salvo exceções, o contato dos estudantes com os livros costuma seguir um roteiro no mínimo enfadonho: alguns títulos (quase sempre "clássicos") são indicados (leia-se empurrados goela abaixo) e viram conteúdo avaliado (perguntas de interpretação de texto com uma única resposta correta). E só. A experiência que deveria ser desafiadora vira uma tarefa burocrática e sem graça. Os jovens se formam sem entender os benefícios da leitura e acabam não lendo mais nada. Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) e o Instituto Pró-Livro mostra que 45% da população não lê nenhum exemplar por ano (desses, 53% dizem simplesmente "não ter interesse" e outros 42% admitem "ter dificuldade").

Mas, obviamente, é possível mudar esse quadro. Esta reportagem especial se propõe a ajudar você com dicas de especialistas e novidades do campo da didática. Para começar, é preciso compreender que, antes de analisar e refletir sobre os aspectos formais da literatura (história, linguagem etc.), os estudantes têm de gostar de ler. E isso só se faz de uma maneira: lendo, lendo, lendo. Porém ninguém nasce sabendo. Cabe à escola dar acesso às obras e ensinar os chamados comportamentos leitores: "entrar" na aventura com os personagens, comentar sobre o enredo, buscar textos semelhantes, conhecer mais sobre o autor, trocar indicações literárias. Tudo pelo prazer que a literatura proporciona, de nos levar a outros lugares e épocas. Um percurso que idealmente começa na infância - mas também pode ser iniciado mais tarde (nunca é tarde para abrir o primeiro livro).

Nas próximas páginas, você encontra um guia com sugestões para despertar esse gosto pelos livros e ensinar os comportamentos leitores, dividido em Educação Infantil, 1º ao 5º ano e 6º ao 9º ano (e também os erros mais comuns que são cometidos na escola). Em seguida, mais três páginas com uma reflexão sobre o papel do professor nessa caminhada - e como fazer para você se encantar pela literatura e/ou ampliar seu repertório. "Quando existe um espaço para discutir as leituras, com a possibilidade de inúmeras interpretações, começamos a desenvolver a curiosidade e o desejo de ir além", explica Mónica Rubalcaba, professora de Letras da Universidad Nacional de La Plata, na Argentina. Com isso, os alunos vão passar a ver a leitura não como uma tarefa escolar, mas como um hábito cotidiano. E você também.
FONTE:GEO PETROLINA

GRAMÁTICA-AC1-8ºANO

 VOZES VERBAIS/FUNÇÃO DO "SE"
A palavra SE pode exercer diversas funções dentro da língua portuguesa. Tais funções são as seguintes:
a) Pronome apassivador ou partícula apassivadora
Aparece na formação da voz passiva sintética com verbos transitivo direto, e transitivo direto e indireto; com verbo transitivo apenas indireto, não há possibilidade. Na prática, a frase pode ser transposta para a passiva analítica ( com dois verbos ).
Ex1: Reformam-se móveis velhos. (= Móveis velhos são reformados. )
Ex2: Entregou-se o prêmio ao aluno que obteve a melhor nota. (= O prêmio foi entregue ao aluno que obteve a melhor nota. )

b) Índice de indeterminação do sujeito
Também chamado de pronome apassivador impessoal ou, ainda, símbolo de indeterminação do sujeito, aparece junto a verbo intransitivo ou transitivo indireto.
Como o nome já diz, quando exerce essa função, a palavra SE indetermina o sujeito da oração. Esse tipo de oração não admite a passagem para a voz passiva analítica e o verbo estará sempre na 3º pessoa do singular.

Ex1:Vive-se bem naquele país.
Ex2:Precisava-se de novas fontes de riquezas.


c) Pronome reflexivo
Usado para indicar que a ação praticada pelo sujeito recai sobre o próprio sujeito ( voz reflexiva). É substituível por: a si mesmo, a si próprio etc.
Ex1: O lenhador machucou-se com a foice. (= machucou a si mesmo)
Ex2: Localize-se no mapa. (= localize a si próprio)

EXERCÍCIOS:
01-Classifique a palavra “se”.
a)Vendem-se casas. [ ]
b)Trabalha-se de dia.
c)Aluga-se carro. [ ]
d)Compram-se jóias. [ ]
e) Precisa-se de vendedores. [ ]
d) Ele cortou-se com o facão. [ ]
e) Precisa-se de vendedores. [ ]
02-Siga o exemplo.
Discutiu-se a questão. Voz passiva sintética
(A questão foi discutida) voz passiva analítica
a) Discutiram-se as questões.
b) Elaboraram-se as provas.
c) Elegeu-se o deputado.
d) Come-se o bolo.
03- Em:"O velho casarão foi substituído por um enorme edifício." Passando esta frase para a voz passiva sintética , temos:
.....................................................................................................
04-Em: "Os ladrões foram identificados por uma testemunha". Transpondo para a voz passiva sintética, teremos:
....................................................................................................
05- Assinale a alternativa sem partícula apassivadora:
a) Esclarecer-se são todas as dúvidas.
b) Se tudo se resolvesse a contento, não haveria dissensões.
c) Se se fizesse o projeto original, não haveria fracasso.
d)Ele deixou-se vagar pela noite.
e)Observa-se em todos o toque de um gênio.
06- Qual é a voz verbal das seguintes frases?
a) Joguei futebol o dia todo.
b) A bola foi cortada pelo zagueiro.
c) Chutou-se a bola.
d) Acharam sua carteira.
e) Ela se chocou.
f) Cortei-me.
07- Indique a oração que não está na voz ativa:
a) comeram toda a salada;
b) comeu-se toda a salada;
c) comeram tudo;
d) comeu tudo;
e) NRA
08- Há emprego da voz passiva, EXCETO em:
a) Vende-se uma casa;
b)Foi batizado na igreja de são Pedro, pelo capelão;
c) A resposta foi dada por João, prontamente;
d) Ele teve sua residência visitada por ladrões;
e) Os amigos abraçaram-se cordialmente em seu reencontro.

LITERATURA:Simbolismo

Literatura
simbolismo
01. (Unificado-RS)
"Nasce a manhã, a luz tem cheiro... Ei-la que assoma
Pelo ar sutil... Tem cheiro a luz, a manhã nasce...
Oh sonora audição colorida do aroma!"
A linguagem poética, em todas as épocas, foi e é simbólica; o Simbolismo recebeu esse nome por levar essa tendência ao paroxismo.
Os versos acima atestam essa exuberância, pela fusão de imagens auditivas, olfativas e visuais, constituindo rico exemplo de:
a)  eufemismo
b) polissíndeto
c) sinestesia
d) antítese
02. (UF-PA) À subjetividade romântica os parnasianos contrapuseram a impessoalidade objetiva; Bilac, parnasiano por excelência, por vezes foge do rigorismo objetivista de sua escola como, por exemplo, nos versos em que o eu do poeta se manifesta claramente. É o que se vê em:
a) "Fernão Dias Paes Leme agoniza. Um lamento/ Chora largo, a rolar na longa voz do vento."
b) "Pára! Uma terra nova ao teu olhar fulgura!/ Detém-te! Aqui, de encontro a verdejantes plagas"
c) "E eu, solitário, solto a face, e tremo,/ Vendo o teu vulto que desaparece."
d)"Chega do baile. Descansa/ Move a ebúrnea ventarola."
03. (PUC-RS)
"Hão de chorar por ela os cinamomos,
Murchando as flores ao tombar do dia.
Dos laranjais hão de cair os pomos,
Lembrando-se daquela que os colhia."
Uma das linhas temáticas da poesia de Alphonsus de Guimaraens, como se observa no exemplo, é a:
a) amada morta
b) religiosidade profunda
c) transfiguração do amor
d)atmosfera litúrgica
04. (COVEST-PE) Assinale:
a) se todas estiverem corretas.
b) se apenas a II for correta.
c)se apenas a I e a II forem corretas.
d) se apenas a II e a III forem corretas.
"Infinitos espíritos diversos,
Inefáveis, edênicos, aéreos,
Fecundai o Mistério destes versos
Com a chama ideal de todos os mistérios."
      I.  Pelas características que apresenta é um texto simbolista.
     II.  Opõe-se ao Naturalismo e ao Parnasianismo, valorizando uma realidade subjetiva, metafísica, espiritual.
     III.   Possui em comum com o Parnasianismo o apuro formal.
05. (UFBA) No Simbolismo, o poeta cria cenários espiritualizados, que sugerem dimensões estranhas à realidade terrena.
Assinale a proposição ou as proposições que comprovam a afirmativa acima:
a) "Quando por mim passaste
Pela primeira vez,
Como eu sorrisse, tu coraste.
O sol estava abrasador.
E eu disse então: 'Talvez! talvez
Fosse o calor'."
b)"Tarde louca de abril; gemem aves-marias
Pelas naves; o luar o mundo inteiro enfeixa
Num ramalhete de ouro estelar: nostalgias
Que o ocaso em funeral pelo infinito deixa."
c) "Nasci em leito de rosas
E morro em leito de espinhos...
Ó mães que sois caridosas,
Velai por vossos filhinhos!"
d)"Quando chegastes, os violoncelos
Que andam no ar cantaram hinos.
Estrelaram-se todos os castelos,
E até nuvens repicaram sinos."
06. (COVEST-PE) A musicalidade é característica do Simbolismo. Para consegui-la, os poetas usam vários recursos. Um deles é a aliteração (que consiste na repetição de fonemas para sugerir um som). Assinale a alternativa em que esse recurso não foi empregado.
a) "Pedro pedreiro penseiro esperando o trem..."
b) "Cada pingo de Maria ensopava o meu domingo..."
c)  "Toda gente homenageia Januária na janela..."
d) "As palavras transcendem o significado..."
07.  (UFPR) Com relação à estética simbolista no Brasil, NÃO podemos afirmar que:
a) entre seus poetas destacam-se Cruz e Sousa, Alphonsus de Guimaraens e o paranaense Emiliano Perneta.
b) Em seus versos, os poetas transmitiram toda a homologia (correspondência) existente entre a vida social e a literatura.
c) Os poetas enfatizaram a percepção intuitiva da realidade, em vez de buscá-la de maneira lógica.
d) Entre os recursos utilizados pelos poetas para aproximar a poesia da música destaca-se o uso de aliterações.
08. (EU-Ponta Grossa)
"Para as estrelas de cristais gelados,
as ânsias e os desejos vão subindo,
galgando azuis e siderais noivados,
de nuvens brancas a amplidão vestindo..."
Nestes versos aparece:
a)o desejo de evasão que caracteriza a poesia romântica.
b)a contradição do estilo barroco.
c)o panteísmo arcádico.
d) a aspiração ao infinito, à transcendência, um dos temas do Simbolismo.

09. (MACK-SP) Alphonsus de Guimaraens é um poeta identificado com um período literário cujas características são:
a) mitologia pagã e busca da natureza.
b)simbologia matemática e musical.
c)misticismo, amor e morte.
d)análise social de grupos humanos marginalizados e valorização do coletivo.
10. (UFES)
"Ah! plangentes violões dormentes, mornos,
Soluços ao luar, choros ao vento...
Tristes perfis, os mais vagos contornos,
bocas murmurejantes de lamento."
(Cruz e Sousa)
O fragmento de texto apresenta características da poesia simbolista, exceto:
a) imaginação estimulada por elementos sensoriais.
b)descrição objetiva da realidade.
c) comparação da poesia com a música.
d)preferência por temas subjetivos, místicos e espirituais.
11. (PUC-MG) Os textos abaixo são característicos de um mesmo estilo de época, exceto:
a)"E som e cor e cor e som, na mesma ondulação ritmal, na mesma eterificação de volúpias, conjuntam-se, compõem-se numa só onda de orquestrações e de cores, que vão assim tecendo auréolas eternais das Esferas..."
b)"Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar...
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.
No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em luar...
Queria subir ao céu,
queria descer ao mar..."
c) "Ah! Toda a alma num cárcere anda presa,
Soluçando nas trevas, entre as grades
Do calabouço olhando imensidades,
Mares, estrelas, tardes, natureza.
Tudo se veste de uma igual grandeza
Quando a alma entre grilhões as liberdades
Sonha e sonhando, as imortalidades
Rasga no etéreo Espaço da Pureza."
d)"Adeus qu'eu parto, senhora;
Negou-me o fado inimigo
Passar a vida contigo
Ter sepultura entre os meus;
Negou-me nesta hora extrema,
Por extrema despedida,
Ouvir-te a voz comovida
Soluçar um breve Adeus!"
12. (PUC-RS) Alberto de Oliveira é considerado o mais característico poeta parnasiano, pois suas obras evidenciam:
a) erudição lingüística, descrição subjetiva e alusão à mitologia greco-latina.
b)culto à forma, descritivismo e retorno aos motivos clássicos.
c) preciosismo lingüístico, recuperação dos moldes clássicos e devaneio sentimentalista.
d)lirismo comedido, sentimento nacionalista e apuro vocabular.

13. (UFMA) Sobre o Parnasianismo e o Simbolismo, na Literatura Brasileira, é correto afirmar que:
a) Os estilos são absolutamente distintos quanto à técnica da versificação.
b) Os dois estilos se aproximam pelas preferências temáticas.
c) À metafísica do primeiro, juntou-se o realismo do segundo.
d)Os dois estilos se aproximam quanto à técnica da versificação.
14. (PUC-PR)
Rebelado
"Ri tua face um riso acerbo e doente,
que fere, ao mesmo tempo que contrista [...]
Riso de ateu e riso de budista.
gelado no Nirvana impenitente.
[...]"
Na estrofe do poema Rebelado, de Cruz e Sousa, é possível identificar características do Simbolismo.
Assinale a alternativa que as identifica:
a) Musicalidade marcada por aliterações e assonâncias, paradoxos, religiosidade, exotismo, uso de reticências.
b)Musicalidade marcada por ritmo binário, antíteses, evocação de sentimentos atrozes, exotismo.
c) Musicalidade marcada por aliterações e assonâncias, uso de maiúsculas, vagueza dos adjetivos, falsa religiosidade.
d) Musicalidade marcada por aliterações, assonâncias e ritmo binário, uso de maiúsculas, vagueza dos adjetivos, falsa religiosidade.
15. (PUC-PR) Medeiros e Albuquerque, anunciando o Simbolismo, escreveu:
"Pode a Música somente.
do Verso nas finas teias.
conservar no tom fluente.
tênue fantasma de idéias;
Que importa a Idéia, contanto.
que vibre a Forma sonora,
Se da Harmonia do canto.
Vaga ilusão se evapora?"
Nos versos lidos, o poeta defende valores simbolistas. Aponte a alternativa correta que discrimina esses valores.
a) Sobrevalorização da sonoridade, musicalidade, sobreposição da forma à idéia. 
b)Musicalidade, pensamento esquisito, fluidez e formalismo.
c) Harmonia forma-conteúdo, imprecisão, verso sem rimas nem idéias fixas.
d)Sonoridade, idéias sobrenaturais, despreocupação como sentido das palavras.
AVALIAÇÃO PARCIAL GEO
AC 1 DE 30/08 A 03/09/2010
ENSINO MÉDIO
30/08-L.PORTUGUESA
31/08-BIOLOGIA/GEOGRAFIA
01/09-QUIMICA /HISTÓRIA
02/09-MATEMÁTICA
03/09- FÍSICA

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
joao pessoa, paraiba
Professor de matemática,física e química.Aulas do ensino fundamental ao ensino médio Atendimento de segunda (das 9hs as 21hs) a sábado (das 9hs as até 12horas).

SETTE CURSOS (83)9114-3000/8616-2991/8153-9869