segunda-feira, 3 de maio de 2010

história de HAMON





Historiografia (TD).
· Exercícios (TD).
· Egito – cap. 1 (livro).
1.Como eram chamadas as comunidades  agrícolas egípcia?
Eram chamadas de nomos.

2. "Salve, ó Nilo (...) regas a terra em toda parte, ó deus dos grãos, senhor dos peixes, 
      produtor do trigo e da cevada (...) Logo tuas águas se erguem (...) todo ventre se agita, o dorso é 
      sacudido de alegria e os dentes rangem."
      O trecho acima celebra:
      a) o Egito, região quente e seca como o Saara;
      b) a crença numa vida de além-túmulo e as dores do parto;
      c) o relativo isolamento do vale, limitado pelos desertos da Arábia e da Líbia;
      d) as nascentes desconhecidas do Rio Nilo;
      e) o poder criador do regime das cheias e das vazantes do rio Nilo, que      deixavam no solo um lodo de  grande fertilidade.

3.Os Estados teocráticos da Mesopotâmia e do Egito evoluíram acumulando características comuns e 
      peculiaridades culturais. Os egípcios desenvolveram a prática de embalsamar o corpo humano porque:

      a) se opunham ao politeísmo dominante na época;
      b) seus deuses, sempre prontos a castigar os pecadores, desencadearam o Dilúvio;
      c) depois da morte, a alma podia voltar ao corpo mumificado;
      d) construíram  túmulos em forma de pirâmides truncadas, erigidos para a eternidade;
      e) os camponeses constituíam a categoria social inferior.
4.(FAAP) A Astronomia e a Matemática foram os primeiros ramos da ciência que ocuparam a atenção dos   egípcios.
      Ambas se desenvolveram com fins práticos. Cite dois resultados para os quais essas ciências deram sua  contribuição.

RESOLUÇÃO: O calendário, fundamental para o desenvolvimento das práticas agrícolas, e os cálculos matemáticos,essenciais para a construção de canais, diques e principalmente templos e túmulos.
                              
5.Qual a importância do livro dos mortos para os egípcios?
Quando uma pessoa morria, sua alma se apresentava a um tribunal para ser julgada. O Livro dos Mortos era uma espécie de guia para garantir a salvação futura da alma. Por acreditar que a alma só poderia descansar em paz se o corpo dela estivesse na sepultura é que os egípcios davam tanta importância aos túmulos.

6.Como se chamava a escrita egipcia?
Os egípcios também criaram uma escrita que, em vez de usar letras, usava símbolos que representavam aquilo que era descrito. Essa escrita é chamada de hieroglífica.

7.Qual era a importância do escriba na sociedade egípcia?
Os escribas foram responsáveis pelo desenvolvimento da literatura.Seus contos e cantos de amor parecem ter sido divulgados entre outros povos da Antiguidade, pois guardam semelhança com outras aventuras, tais como
Sinbad, o marujo, e a Odisséia, de Homero.

8.Como era dividida a sociedade egipcia.
A sociedade egípcia estava dividida em várias camadas, sendo que o faraó era a autoridade máxima, chegando a ser considerado um deus na Terra. Sacerdotes, militares e escribas (responsáveis pela escrita) também ganharam importância na sociedade. Esta era sustentada pelo trabalho e impostos pagos por camponeses, artesãos e pequenos comerciantes. Os escravos também compunham a sociedade egípcia e, geralmente, eram pessoas capturadas em guerras.Trabalhavam muito e nada recebiam por seu trabalho, apenas água e comida.  




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
joao pessoa, paraiba
Professor de matemática,física e química.Aulas do ensino fundamental ao ensino médio Atendimento de segunda (das 9hs as 21hs) a sábado (das 9hs as até 12horas).

SETTE CURSOS (83)9114-3000/8616-2991/8153-9869