quarta-feira, 11 de novembro de 2009

CFO da PMPB bate o recorde de concorrência no PSS 2010.

A concorrência mais alta do Processo Seletivo Seriado 2010 já não é mais do curso de Medicina com 27,6 candidatos na disputa por uma vaga.
Com os novos dados acrescidos ontem, pela Comissão Permanente do Concurso Vestibular (Coperve), os cursos de Formação de Oficiais da Polícia Militar na Paraíba, masculino e feminino, passaram a ser os mais concorridos, com 38,9 e 28 candidatos por vaga, respectivamente.
De acordo com as atualizações no site da Coperve, ao todo são 34.436 candidatos inscritos no PSS-2010, disputando as 6.955 vagas oferecidas pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
Para o Comandante Geral da Polícia Militar da Paraíba, Coronel Wilde de Oliveira Monteiro, é uma grande honra para a Corporação tamanha concorrência, isto mostra mais uma vez a seriedade dos que fazem a quase bicentenária Instituição, bem como é uma garantia do futuro certo para aqueles que optarem por ser um Oficial da Polícia Militar da Paraíba.
Fonte: www.pm.pb.gov.br/newsite

Professores vão precisar ter curso superior

A Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira, um projeto, que obriga professores do ensino fundamental e até os da creche a terem curso superior.

Hildelane e Vanuza são professora e assistente. Uma é formada em pedagogia, a outra está na universidade. Elas dizem que cursar o ensino superior faz diferença na hora ensinar. "Você aprende uma teoria que, associada a pratica, facilita o seu dia a dia e você pode dar mais atendimento especializado para as crianças, de acordo com a necessidade delas", explicou Hildelane.

O que acontece na sala de aula delas não é a realidade do Brasil porque hoje a lei só obriga que tenham curso superior, professores a partir do sexto ano do ensino fundamental. Mas o projeto aprovado na Câmara determina que, para dar aula, todos os professores sejam formados, inclusive os da creche. Na educação básica, são mais de 1,8 milhão professores, e 600 mil não têm curso superior. O Ministério da Educação apoia a exigência do diploma para os professores do ensino fundamental, mas considera precitada a cobrança para a creche.

"É preciso ter muita sensibilidade com as diversas situações do Brasil é preciso respeitar dificuldades locais para que não haja uma lei que em vez de ajudar atrapalhe", alertou a secretária de educação básica, Maria do Pilar.

Estudiosos dizem que é preciso ter cuidado com a qualidade do ensino superior oferecido aos profissionais, mas divergem sobre a eficiência da medida

"Ela não é nem necessária, nem suficiente. Ela é uma medida de caráter corporativo", afirmou o estudioso em educação, Cláudio de Moura Castro.

"Se nós conseguirmos formar professores com qualidade, sem dúvidas que nós teremos mais qualidade, na medida em que todos eles tenham o ensino superior", explicou o estudioso em educação, Gilberto Lacerda Santos. Quem está na sala de aula, se sente mais valorizado: "Vai sair daquele ritmo de ser só uma babá, e vai passar a ser realmente o profissional, a professora que vai educar a criança todos os dias", disse Hildelane. Para entrar em vigor, esse projeto ainda precisa passar pelo Senado.

Fonte: globo.com

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
joao pessoa, paraiba
Professor de matemática,física e química.Aulas do ensino fundamental ao ensino médio Atendimento de segunda (das 9hs as 21hs) a sábado (das 9hs as até 12horas).

SETTE CURSOS (83)9114-3000/8616-2991/8153-9869